Basta “jogar” no Google

Padrão

Estava eu procurando notícias sobre seriados num site que costumo visitar bastante (cujo nome não vem ao caso). Encontrei uma notícia sobre Glee (pretendo em breve falar sobre essa e outras séries que acompanho), que contava sobre a possível participação das atrizes Julie Andrews e Anne Hathaway no seriado. No link da notícia na página principal do site, falava que as atrizes iam atuar juntas pela segunda vez, já que interpretaram avó e neta no filme “O Diário de uma Princesa”.

Sem querer ser implicante, mas já sendo, esse é apenas um dos casos em que se vê que as pessoas não pesquisam sobre o assunto que pretendem abordar. Isso pode soar meio detalhista da minha parte, mas como fã da série de livros de Meg Cabot e da adaptação feita para o cinema pela Disney, me sinto na obrigação de corrigir e dizer que não é Diário de UMA Princesa, é Diário DA Princesa.

Aposto que alguém vai dizer “ah, mas é só um detalhe, não interfere em nada”. Nesse caso, pode até não interferir, mas o costume de não pesquisar pode se tornar um hábito e tornar as coisas complicadas. Vou dar outro exemplo:

Em julho, a Thereza do Fashionismo fez um post sobre a moda das ombré highlights ou ombré hair. Nesse post, de brincadeira, ela apelidou a nova forma de colorir os cabelos de mechas texanas, em alusão às suas “parentes”, as mechas californianas. Quem acessa blogs de moda deve ter percebido que essa história deu o que falar. Vários sites e outros blogs resolveram copiar o apelido dado pela Thereza, como se realmente fosse o nome verdadeiro do procedimento de coloração. Teve até jornal aqui do sul publicando matéria sobre beleza e falando que as ombré highlights eram também conhecidas como mechas texanas.Oi?! Como assim saíram publicando um dado que não sabem nem de onde saiu?! Gente, era uma piada!

Esse é o mal da internet. As pessoas escrevem qualquer coisa por aí, e o pessoal toma como verdade absoluta e sai reproduzindo. E quando a pessoa que crê nessa informação, vai lá e conta pra um amigo, pai, mãe, irmão, etc, a coisa não é tão grave. Mas uma pessoa da mídia, comprometida com a veracidade dos fatos, que tem espaço em um jornal/site de grande impacto sobre o público, tem que se policiar! Mesmo que seja uma matéria sobre beleza, ou sobre cinema, ou sobre qualquer outro assunto, é preciso investigar, apurar, saber qual a origem da notícia.

Quem tem Twitter e acompanha os assuntos mais comentados pelos usuários através dos Trending Topics, já deve ter percebido que o pessoal costuma “matar” um monte de gente. Imagina se um jornalista acessa o Twitter, vê o nome da tal celebridade supostamente morta, e sai publicando que o cara bateu as botas? Não dá! Não custa nada dar uma pesquisadinha. Como eu disse no título do blog, é só jogar no Google, com certeza ele vai te ajudar.

Enfim, não quero me achar a dona da razão, mas estou prestes a começar meu terceiro semestre na faculdade de Jornalismo, e acho que o comprometimento em falar a verdade, e somente a verdade, nada mais que a verdade, deve ser uma característica principal de quem exerce a profissão.

O que vocês acham?

Jessica Biel e suas famosas "mechas texanas"

Anúncios

»

  1. Concordo plenamente contigo! E de coisas assim, a mídia tá cheia! Que sirva de conscientização pros futuros jornalistas como nós! Vou continuar acompanhando teu blog, amiga. Dou todo o apoio! 😀 Beeijo

      • Meu Deus! Como escreve bem essa Laís!!!!

        Sobre o post, Laís, assino em baixo de tudo o que tu disseste no teu texto. Consciência e ética são qualidades que todo jornalista de verdade deve ter.
        Uma coisa que parece tão natural para mim, pra ti e para a Nate – O FALAR SOMENTE A VERDADE – parece estar sendo (infelizmente)esquecido por nossos colegas veteranos.
        Será que nós, as focas, teremos que ficar dando lição de moral nos ‘macacos-velhos’ das redações? Até quando lidaremos com Davids Coimbra que afirmam ‘não serem formadores de opinião?’ Pensamentos desse tipo incentivam o descaso dos jornalistas na hora de escreverem, o que culmina na imensurável quantidade de ‘caquinhas’ que lemos todos os dias!

        De novo, parabéns pelo blog! Certo que vou estar sempre aqui com meus pequenos comentários #ironia.

        Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s