Minha estréia como compradora virtual, parte 1: o “antes”

Padrão

Quando a gente vicia em sites de moda e beleza, também acaba tendo vontade de experimentar outra coisa: a compra internacional. Existem muitas vantagens e desvantagens em comprar em sites gringos. Uma das coisas positivas é que alguns produtos importados que encontramos pra vender no Brasil, nesse sites são vendidos “direto da fonte”, ou seja, vêm de seu país de origem pela metade do preço.

Eu morria de medo de comprar alguma coisa gringa e o produto nunca chegar. Ou então da encomenda ficar presa na Receita Federal e eu ter que pagar uma taxa gigantesca pra poder retirá-la. Mas eu sempre tive muita vontade de “investir” em umas coisas legais sobre as quais algumas blogueiras vivem falando.

Aí chegou o Natal e o Papai Noel (mais conhecido como ‘minha família’) me trouxe dinheiro de presente. E eu resolvi deixar o medo de lado e me jogar nos sites internacionais. Fiz minha primeira compra na Cherry Culture, uma loja muito recomendada por blogueiras e por uma amiga, que já tinha feito encomendas por lá e recebido tudo direitinho. Não sabia como fazer pra ter meu cadastro no site e nem como fazer o pagamento (que foi feito via PayPal, o modo que eu considero mais seguro, porque não necessita que o número do cartão de crédito seja informado no site da compra, somente no PayPal, que media a transação). Mas é pra isso que existe o Google, né gente? Fui lá pesquisar como comprar no Cherry, e achei esse vídeo. É ótimo, explica tudo bem direitinho.

Ok, aí eu tomei coragem e comprei! Os produtos escolhidos foram esses (cliquem sobre os nomes par air até a página do Cherry onde se localiza o produto – informações em inglês):

Fiz a compra no dia 30 de dezembro, apesar de ser mais recomendado que não se compre nada fora do Brasil entre novembro e janeiro, porque o Correio daqui fica cheio de encomendas e com a “organização” deles, as chances de ter um pacote extraviado aumentam. Porém, como tinha um aviso no Cherry Culture dizendo que o pedido só seria processado a partir de 5 de janeiro, eu fiquei menos preocupada.

Sobre o frete: No Cherry Culture, você tem duas opções de frete. Uma é com número de rastreio, ou seja, você recebe um número de acompanhamento, com o qual pode consultar pelo site dos Correios onde está a sua compra, a data em que foi despachada, quando chegou no Brasil, etc. Se eu fosse comprar com número de rastreio, só o frete sairia $30,00. Pois é, dólares. Então eu escolhi a opção mais arriscada porém mais barata (sou pobre, gente). O frete sem rastreio é infinitamente mais em conta. Não lembro exatamente quanto foi o custo para as minhas compras, mas foi algo em torno de $9,00. Porém, eu não tive como acompanhar o “caminho” do pacote, por isso, se demorasse, sei lá… 2 meses pra chegar a encomenda eu teria que esperar sem reclamar, porque não tinha como saber onde estava o pacote. A escolha do tipo de frete fica muito a critério do cliente. Sempre tem que pensar se vale a pena desembolsar uma grana bem maior pelo “frete seguro”.

Depois da compra finalizada é que vem a pior parte: a ansiedade para que a encomenda chegue logo, e o medo de ser taxada pela Receita Federal. Confesso que eu não esperava receber nada até que se completassem 30 dias da compra, e o meu pedido foi processado no dia 6 de janeiro, conforme fui comunicada por e-mail. Qual não foi minha supresa/alegria/felicidade/alívio, quando, menos de 15 dias úteis depois, eu recebo meu pacote em casa, perfeitinho, com os produtos caprichosamente embalados, todos em ótimo estado? Gente, dá um alívio que, olha…

Bom, mas o meu objetivo com esse post, além de mostrar que compras internacionais podem dar certo sim, e que em grande parte das vezes vale muito a pena esperar a entrega, já que a economia em comparação com o preço daqui é muito grande, é mostrar a qualidade dos produtos, pra deixar todo mundo com vontade de se jogar nas compras em dólares. =)

E tem mais! A segunda parte da saga Compras Virtuais (aloca) vem nesse fim de semana! No próximo post eu vou mostrar os detalhes dos produtos que comprei e se valeu mesmo correr todos os riscos característicos de uma compra via internet e fora do país.

Enquanto isso, falem sobre as suas experiências! Até 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s